Entre em contato conosco:emmariolago@rioeduca.net

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Mostra de Dança 2014

 Sorrir, alimento para a alma, motivação para a vida, leveza para o coração. Flutuar nos passos da dança e voar no encanto da melodia, buscando a felicidade e a alegria para vencer os desafios. Sorrir... sentir a dor, superar, cantar, dançar, ser feliz! Sorria!

         No ano de 2014 tivemos a maravilhosa experiência de participar da XXXI Mostra Municipal de Dança, em sua etapa Regional da 10ªCRE.  Sabemos que a dança oferece liberdade para o corpo e para a mente. No último dia 22 de agosto tivemos a oportunidade de mostrar o resultado de nosso trabalho, empenho e dedicação e como não podia ser diferente, nossas alunas deram um show!
         Homenagem ao Centenário de Charles Chaplin, com a música Smile, celebramos o sorrir, a alegria, a felicidade. 








Sorri quando a dor te torturar







E a saudade atormentar






 Os teus dias tristonhos vazios





 Sorri quando tudo terminar





 Quando nada mais restar





Do teu sonho encantador





 Sorri quando o sol perder a luz





E sentires uma cruz






 Nos teus ombros cansados doridos





Sorri vai mentindo a sua dor





E ao notar que tu sorris




Todo mundo irá supor
Que és feliz!
Smile




terça-feira, 29 de maio de 2012

Aula Passeio - Anfitriões do Futuro

Um dia como anfitriã do futuro

         Meu nome é Jhuly, tenho dez anos de idade, moro no Rio de Janeiro, estudo na escola Mario Lago. Um dia minha turma teve a oportunidade de conhecer um dos pontos turísticos da nossa cidade.        Nós fomos ao passeio no Parque Lage. Quando chegamos vimos as Palmeiras Imperiais e seguimos o caminho e paramos em frente à Escola de Arte Moderna e podemos observar que o Parque fica aos pés de outro ponto turístico o Corcovado, observamos florestas, muito verde, trilhas e o ar era muito puro.
Entramos na Escola de Arte Moderna e vimos muitas coisas: vimos pinturas, estatuas e uma piscina, vimos um chafariz e uma estatua de um pintor desenhando Tom Jobim com o filho.
Depois fomos à gruta e vimos às estalactites e as estalagmites, vimos também uma rã e ficamos assustados, passamos por uma ponte de madeira e embaixo tinha um rio cheio de girinos, depois fomos ao aquário e vimos muitos peixes. Eu via a piranha vermelha do pantanal, o tubarão siamês, peixe jóia e a carpa colorida. Depois fomos ao parquinho e brincamos um pouco e comemos o lanche que a Piraquê nos deu.
Para terminar nosso passeio conhecemos um espaço que iam cantores e o publico ficava em volta ouvindo com respeito e em silencio.
Depois de tudo isso fomos para o ônibus. Esse passeio foi muito marcante, foi um passeio diferente, emocionante, gostoso e incrível.
Agora sou uma Anfitriã do Futuro!!


Autora: Jhuly Nascimento Pinho                  Turma: 1.501















segunda-feira, 21 de maio de 2012

Reunião de Responsáveis


PAIS MAUS

"Um dia, quando os meus filhos forem crescidos o suficiente para entender a lógica que motiva pais e mães, eu hei de dizer-lhes: - Eu os amei o suficiente para ter-lhes perguntado aonde vão, com quem vão, e a que horas regressarão.

- Eu os amei o suficiente para não ter ficado em silêncio, e fazer com que vocês soubessem que aquele novo amigo não era boa companhia.
- Eu os amei o suficiente para fazê-los pagar os doces que tiraram do supermercado, ou revistas, do jornaleiro, e fazê-los dizer ao dono: "Nós tiramos isto ontem, e queríamos pagar".
- Eu os amei o suficiente para ter ficado em pé, junto de vocês, duas horas, enquanto limpavam o quarto, tarefa que eu teria feito em 15 minutos.
- Eu os amei o suficiente para deixá-los ver, além do amor que eu sentia por vocês, o meu desapontamento e também as lágrimas nos meus olhos.
- Eu os amei o suficiente para deixá-los assumir a responsabilidade das suas ações, mesmo quando as penalidades eram tão duras que me partiam o coração.
- Mais do que tudo, eu os amei o suficiente para lhes dizer NÃO, quando eu sabia que vocês poderiam me odiar por isso (e em alguns momentos até me odiaram).Essas eram as mais difíceis batalhas de todas.

Estou contente, venci... Porque, no final, vocês venceram também! E qualquer dia, quando os meus netos forem crescidos o suficiente para entender a lógica que motiva pais e mães; quando eles perguntarem se os seus pais eram maus, os meus filhos vão lhes dizer:
"Sim, os nossos pais eram maus”. Eram os piores do mundo. As outras crianças comiam doces no café e nós só tínhamos que comer cereais, ovos, torradas. As outras crianças bebiam refrigerantes, comiam batatas fritas e sorvetes no almoço, e nós tínhamos que comer arroz, feijão, carne, legumes e frutas. Nossos pais tinham que saber quem eram os nossos amigos e o que nós fazíamos com eles.

Insistiam em que lhes disséssemos com quem íamos sair, mesmo que demorássemos apenas uma hora ou menos. Nossos pais insistiam sempre conosco para que lhes disséssemos sempre a verdade, e apenas a verdade.

E, quando éramos adolescentes, eles conseguiam até ler os nossos pensamentos. A nossa vida era mesmo chata! 
Nossos pais não deixavam os nossos amigos tocarem a buzina para que saíssemos; tinham que subir bater à porta, para que os nossos pais os conhecessem.

Enquanto todos podiam voltar tarde da noite, com 12 anos, tivemos que esperar pelo menos até os 16 para chegar um pouco mais tarde; e aqueles chatos levantavam para saber se a festa foi boa (só para verem como estávamos ao voltar).

Por causa dos nossos pais, nós perdemos imensas experiências na adolescência: nenhum de nós esteve envolvido com drogas, roubo, atos de vandalismo, violação de propriedade, nem fomos presos por crime algum.

Foi tudo por causa dos nossos pais!!

___ Agora que já somos adultos, honestos e educados, estamos fazendo o melhor para sermos PAIS MAUS como eles foram.

Acho que este é um dos males do mundo de hoje: Não há PAIS MAUS O SUFICIENTE!!!

Autor desconhecido

E foi assim que nossa reunião começou refletindo sobre a importância que temos na vida dos nossos pequenos ou não tão pequenos assim. Temos que ser o porto seguro de cada um deles, mas, ao mesmo tempo lhe preparar para que cresça e ganhem o mundo sendo cidadãos de bem, que lutam de forma honesta por seus objetivos.
Logo depois falamos de assuntos importantes para o dia a dia da escola.
Falamos entre outros assuntos sobre o regimento escolar, o Programa Pro Jovem Urbano, Bolsa Família, CFC. Falamos também sobre o Riocard e da importância que todos os alunos tenham o mesmo porque ele é um instrumento que marca presença e que o pai poderá acompanhar isso de diversas maneiras e que a escola está aberta para sanar todas as duvidas e problemas que possam haver com o mesmo.
Também falamos sobre as atividades para o 2º bimestre na nossa escola e da importância que é ter o responsável sempre presente na vida escolar do aluno. Enfatizamos sobre os projetos que acontecem em tempo integral na escola como: Nenhuma Criança a Menos e Reforço Escolar.
Enfatizamos o horário de planejamento dos professores e como as turmas tem sido atendida, também explicamos como tem acontecido as assembléias semanais.
Nossa reunião foi um sucesso e para terminar a tão esperada degustação. E os nossos responsáveis que sempre elogiam o cheirinho gostoso que vem da nossa cozinha enfim, puderam provar o que todos que estudam e trabalham na E.M. Mário Lago já sabemos: Nossa comida é uma delicia, afinal, nossos merendeiros são o MÁXIMO.





Que venham as próximas para que juntos possamos buscar sempre o melhor para os nossos alunos e a nossa comunidade como um todo.

quinta-feira, 22 de março de 2012

22 de março - Dia Mundial da Água

22 de março – Dia Mundial



 Hoje comemoramos o Dia Mundial da Água.
   Esse dia foi criado pela Assembléia Geral da Organização das Nações Unidas através da resolução A/RES/47/193 de 22 de Fevereiro de 1993, declarando todo o dia 22 de Março de cada ano como sendo o Dia Mundial das Águas.

Esse dia é destinado à discussão sobre os diversos temas relacionados a este importante bem natural. Cerca de 0,008 %, do total da água do nosso planeta é potável (própria para o consumo). O Dia Mundial da Água tem como objetivo principal criar momentos de reflexão, análise, conscientização e e elaboração de medidas práticas para resolver tal problema.






















Atividades realizada pela turma: 1.202 Profª Jeane Costa












Trabalho realizado pela turma: 1.301 Profª Lilian de Jesus








 

Então vamos nos conscientizar que a água precisa ser preservada para que daqui alguns anos ela não acabe.










PLANETA ÁGUA
(Guilherme Arantes)

Água que nasce na fonte serena do mundo
E que abre um profundo grotão
Água que faz inocente riacho e deságua na corrente do ribeirão
Águas escuras dos rios que levam a fertilidade ao sertão
Águas que banham aldeias e matam a sede da população
Águas que caem das pedras no véu das cascatas, ronco de trovão
E depois dormem tranqüilas no leito dos lagos, no leito dos lagos
Água dos igarapés, onde Iara, a mãe d'água é misteriosa canção
Água que o sol evapora, pro céu vai embora, virar nuvem de algodão
Gotas de água da chuva, alegre arco-íris sobre a plantação
Gotas de água da chuva, tão tristes, são lágrimas na inundação
Águas que movem moinhos são as mesmas águas que encharcam o chão
E sempre voltam humildes pro fundo da terra, pro fundo da terra
Terra, planeta água
Terra, planeta á...gua











21 de março - Dia Internacional da Síndrome de Down



 21 de março – Dia Internacional
  da Síndrome de Down

        
     A data foi proposta pela Down Syndrome International e faz alusão à trissomia do 21, causadora dessa condição.
         A ONU (Organização das Nações Humanas) reconheceu a data em novembro do ano passado.
         Nossa escola tem alunos com essa síndrome incluídos em turmas regulares e todos convivem de forma harmoniosa, respeitando todas as diferenças.
      


   Então vamos comemorar porque ser diferente é normal.









       Aqui nós entendemos que o tamanho do amor não é medido pelos cromossomos.









 Trabalho desenvolvido pela turma DI2 (Profª. Kelly Cristina)





Atividade desenvolvida pela turma 1.202 (Profª. Jeane Costa)
Atividades desenvolvidas pela turma 1.501 (Profº. Cristiano) e a Sala de Recursos (Profª. Monica Joviano)